MOMENTO ORACIONAL AGOSTINIANO (SALMO 3): COM MINHA VOZ GRITEI AO SENHOR.

MOMENTO ORACIONAL AGOSTINIANO (SALMO 3) COM MINHA VOZ GRITEI AO SENHOR “Com minha voz gritei”, não com a voz do corpo, que é sonora pela vibração do ar, mas com a voz do coração, que o homem não ouve, mas que se eleva a Deus como um grito. Foi com essa voz que a casta Susana se fez ouvir; é dela que se trata quando o próprio Senhor nos pede que oremos a portas fechadas, isto é, sem estrépito, no recôndito do coração. E que não se diga que oramos menos intensamente quando nenhuma palavra sai da nossa boca. Em vão nos esforçamos por rezar silenciosamente em nosso coração; pensamentos estranhos vêm perturbar a nossa prece e nos impedem de dizer: “Com minha voz gritei ao Senhor”. Só somos verdad

Momento Oracional - Ele me estabeleceu rei sobre Sião - Salmo 2

MOMENTO ORACIONAL AGOSTINIANO (SALMO 2) Ele me estabeleceu Rei sobre Sião O letreiro afixado sobre a cruz de Cristo designava-o como “Rei dos Judeus” (Jo 19,19). O Salvador mostra com isso que, mesmo condenando-o a morte, os judeus não podiam impedir que ele fosse rei. Do mesmo modo, ele virá com glória e poder recompensá-los de acordo com suas obras. Está escrito no salmo: “Quanto a mim, ele me estabeleceu rei sobre Sião, a montanha santa”. O letreiro foi escrito em três línguas: hebraico, grego e latim, para indicar que o salvador reinaria não apenas sobre os judeus como também para os pagãos. “Embora diga, dirigindo-se aos judeus: “Quanto a mim, ele me estabeleceu rei sobre Sião, a montan

A voz da Igreja é a voz de Cristo Jesus em nosso meio.

MOMENTO ORACIONAL AGOSTINIANO (SALMO 1) A voz da Igreja é a voz de Cristo Jesus em nosso meio. O Salmo a que se ocupa aqui, refere-se à pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, que como tal, é constituído de cabeça e membros. Por analogia podemos dizer que a cabeça nasceu de Maria, sofreu, foi enterrada, ressuscitou, subiu ao céu, está sentada hoje a direita do Pai e intercede por nós. Cristo é a nossa cabeça, nós somos os seus membros. A Igreja inteira espalhada por toda a terra, é seu corpo, mas a cabeça desse corpo é ele. Não apenas os cristãos que vivem hoje como os que viveram antes de nós, os que viverão depois de nós, até o fim dos tempos, todos fazem parte desse corpo, cuja cabeça subiu

O vírus e as pragas do Egito

08/04/2020 Artigo CNBB Dom Wilson Tadeu Jönck Arcebispo de Florianópolis Os israelitas saíram do Egito só depois que o país foi atingido por dez pragas. Não sei o que os egípcios aprenderam com o castigo. O que nós podemos aprender com a “praga” coronavírus encontramos em dez “transgressões” enumeradas por Pe. Deolino Baldissera em artigo escrito durante o período de quarentena. Aproveito para transcrevê-los livremente. 1) “Quebramos a aliança com Deus e elegemos o capital como centro de nossas vidas. 2) Agredimos a natureza de modo injustificável por causa da ganância, daí produzimos o efeito estufa e suas consequências. 3) Nos iludimos com nossas conquistas científicas que facilitam a no

Cirilo de Jerusalém

Reportando-nos aos primórdios da tradição católica, deparamo-nos com a iniciação a fé cristã impulsionada pela patrística de Cirilo de Jerusalém, que se dedicava a instruir os adultos convertidos que se juntavam ao cristianismo. Desde o começo de seu ministério episcopal, São Cirilo mostrava um dom especial ao ensinar o Evangelho, sempre dedicando especial atenção aos catecúmenos e aos neófitos. Cirilo de Jerusalém é venerado como Santo pela Igreja Católica, Igreja Ortodoxa e pela Comunhão Anglicana. Sendo declarado em 1883, Doutor da Igreja pelo papa Leão XIII. Ele foi o bispo da Igreja de Jerusalém, em sucessão ao bispo Máximo III, entre 350 e 386, experimentando interrupções ao seu

O significado Litúrgico do Domingo de Ramos.

O Domingo de Ramos é a comemoração litúrgica que recorda a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém onde Ele iria celebrar a Páscoa judaica com seus discípulos. Ele é o portal de entrada da Semana Santa. É no Domingo de Ramos que se inicia a Semana da Paixão. É o dia em que a Igreja lembra a história e a cronologia desses acontecimentos para dele tirarmos uma lição. Um Rei entra na cidade montando um jumento. Já desde a entrada da cidade, os filhos dos hebreus portavam ramos de oliveiras e alegres acenavam com eles, estendiam mantos no chão para Jesus passar sobre eles. Jesus entrou na cidade como Rei! Até parece que era um desejo d’Ele que fosse assim, pois, a cena em que tudo transcorre rep

Momento Oracional

Em face dos momentos difíceis que atravessamos em decorrência da Pandemia de coronavírus, a Fraternidade Agostiniana Leiga convida a cristãos e cristãs que entrem em sintonia espiritual, para orar em intenção comum pelo fim da pandemia, pelos doentes, pelos que cuidam dos doentes, pelos que estão recolhidos em casa e pelas autoridades responsáveis por criar medidas de contenção da pandemia. Interpelados pela Crise que se descortina, somos compelidos a guardar postura de oração. Participemos, então, destes momentos oracionais que seguirão. Assista o Vídeo.

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
SOBRE NÓS

Somos Católicos Agostinianos Leigos, integrantes do  Núcleo Nossa Senhora das Graças - Rio de Janeiro - RJ -  Paróquia Nossa Senhora das Graças - Província  Nossa Senhora  da Consolação do Brasil

LOCALIZAÇÃO

Rua Capitão Rubens, 55 - Marechal Hermes  - Rio de Janeiro - RJ – Brasil

CONECTE-SE
  • Grey Instagram Icon

Instagram

Acesse também pelo

seu dispositivo móvel

© 2017 por Fraternidade Agostiniana Leiga - Núcleo Nossa Senhora das Graças - ARS