Biografia de Martinho Lutero

500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE (1517-2017) Martinho Lutero (1483-1546) foi um sacerdote católico alemão, o principal personagem da Reforma Protestante realizada na Europa no século XVI. Martinho Lutero (1483-1546) nasceu na Turíngia, na Alemanha, no dia 10 de novembro de 1483. Com dezoito anos ingressou no curso de Direito na Universidade de Erfurt, mas em 1505 desiste da carreira para entrar no Mosteiro Agostiniano de Erfurt. Lendo as Escrituras Sagradas concluiu que jejuns, peregrinação e sacramentos, ou mesmo intercessões de padres e santos não têm qualquer efeito para a redenção dos homens, ideias essas, contrárias às pregadas pela igreja católica. No dia 30 de outubro de 1517, Martinh

Convicção de fé

A fé, no Reino divino, é um dom de Deus. É recebida pelo batismo, como uma semente. Mas tem que ser regada, assumida com maturidade e equilíbrio. Muitas de suas manifestações revelam desequilíbrios. Até o fato de a pessoa querer ser diferente das outras, na comunidade cristã, onde ela (a fé) deve ser colocada em prática, “cheira” atitude estranha, que não passa de falta de equilíbrio. Identifica-se claramente, nos últimos tempos, uma forte contradição relacionada com a fé: de um lado, o indiferentismo em relação à vida cristã; de outro, as manifestações de religiosidade sensacionalista, com pouco, ou nada, de comprometimento com as realidades concretas da vida da sociedade. Não adianta dizer

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

Após celebrarmos grandes festas católicas como a Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Santíssima Trindade e Corpus Christi, a Igreja nos leva a contemplar o Sagrado Coração de Jesus, que mostra o grande amor de Deus pela humanidade, à misericórdia de Deus por meio de seu filho e Salvador, Jesus Cristo. A Encarnação viva do Amor de Deus pela humanidade, o coração inflamado inquieto no amor misericordioso de Deus, levam todos os agostinianos consagrados e leigos a serem pessoas sedentas do amor, sedentas da verdade que é o próprio Deus. Um coração inquieto como foi de Santo Agostinho, quando encontrou a verdade, ficou aquecido pela misericórdia de Deus, que converte e muda o coração humano, não dei

Que devo fazer?

Não é raro ouvir dizer que tudo mudou em questão de moral; que cada um faz a sua moral, que não existe uma moral válida para todos, nada é mau, nada é bom; até mesmo o que se tinha como mau, agora pode ser considerado bom e o que se tinha como moralmente bom, muitas vezes, acaba acusado como mau. Como assim? Afinal, ainda existem princípios de conduta moral? O que devemos fazer? O que devemos evitar? A discussão sobre os princípios morais e sobre o que deve orientar nossas decisões e ações vem desde o momento em que o homem se descobriu um ser pensante e livre para fazer escolhas. E não cessará até que haja um ser humano neste mundo. Para nós, cristãos, há alguns princípios de conduta moral

A devoção a Maria

A devoção à Virgem Maria, Mãe de Deus, é sem dúvida um diferencial em nossa vida cristã, porque, longe de desviar nossa atenção do Cristo, ela nos integra no plano de salvação proposto por Deus e realizado por seu Filho único, Jesus Cristo, que Se encarnou e veio ao mundo por meio dela. Nós celebramos as festas de Maria porque é Mãe de Deus, porque nos deu o Salvador. Foi Deus que, em sua infinita sabedoria e bondade, estabeleceu que a redenção da humanidade acontecesse através de seu Filho único nascido de uma Virgem; e a Virgem escolhida foi Maria. Ora, se Deus, o Senhor de todas as coisas, o Infinito e o Absoluto, não se envergonhou de escolher Maria, e a fez Cheia de Graça, para ser a Mã

MAIS PELA DEMOCRACIA

A atenção do mundo está voltada para a sociedade brasileira. Mas, infelizmente, o foco não é favorável: as turbulências das Operações Lava Jato e Carne Fraca é que colocam o País no “olho do furacão”. Uma exposição que mostra, com as revelações dessas operações, uma sociedade desestabilizada e incapaz de promover a solidariedade e a justiça. Momento que requer mais esforços em prol da democracia. E o caminho a ser trilhado não é o de adotar a indicação de um grupo, instância governamental ou segmento único da sociedade, nem mesmo de líderes políticos. Sobretudo, porque há um sofrido déficit de lideranças, em razão de graves problemas, a exemplo da desconexão entre princípios ético-morais e a

Ética na política

O ser humano pode se encontrar numa situação histórica de não ver nenhum motivo para continuar a esperar. No entanto, os cristãos, para além de todos os desafios, não podem permitir que lhe roubem a esperança. O Brasil vive uma crise política e ética que preocupa parcela considerável da sociedade. Torna-se sempre mais clara a necessidade de urgente promoção e defesa da ética na política. A vigilância e a participação efetiva de todas as forças da sociedade nesse processo há de contribuir para resgatar a confiança nessa nobilíssima atividade humana, a qual cuida do bem comum. Diante das recentes e contínuas denúncias de corrupção envolvendo alguns homens públicos brasileiros, o sentimento de

Compreendendo um pouco mais os Salmos.

Os salmos constituem belíssimos exemplos de adoração, demonstrando a importância de Deus na dinâmica da vida do ser humano. Por detrás das palavras, existe uma experiência profunda e, para além da experiência, encontra-se uma manifestação de Deus. Sua diversidade de conteúdo, nos permite utilizá-los para rogar ao Pai em diversas circunstâncias. Os Salmos do grego ou Tehilim do hebraico é um livro do Tanakh e da Bíblia Cristã. É o primeiro livro a falar claramente de Cristo, de seu reinado e do Juízo Final. É o maior livro de toda Bíblia e constitui-se de 150 cânticos e poemas proféticos, que são o coração do Antigo Testamento. O livro de Salmos, sintetiza todos os temas e estilos qu

Sacramento: “Sinal visível da graça invisível” .

A Origem do Vocábulo Sacramento O vocábulo “sacramentum” foi introduzido na linguagem da Igreja nas versões africanas da Bíblia latina para traduzir o termo grego mysterion. Essa expressão aparece frequentemente no Novo Testamento, especialmente nas cartas aos efésios e aos colossenses, para indicar o plano divino da salvação revelado e realizado em Cristo. Tertuliano, o famoso jurista africano, havia sido o primeiro dos Padres da Igreja em aplicar ao batismo e à eucaristia a denominação comum de sacramento. No entanto, o utilizava ainda em um sentido pagão como simples sinal de um pacto: assim como o "sacramentum" (tatuagem) era o sinal da consagração do soldado a serviço do imperador, pelo

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
SOBRE NÓS

Somos Católicos Agostinianos Leigos, integrantes do  Núcleo Nossa Senhora das Graças - Rio de Janeiro - RJ -  Paróquia Nossa Senhora das Graças - Província  Nossa Senhora  da Consolação do Brasil

LOCALIZAÇÃO

Rua Capitão Rubens, 55 - Marechal Hermes  - Rio de Janeiro - RJ – Brasil

CONECTE-SE
  • Grey Instagram Icon

Instagram

Acesse também pelo

seu dispositivo móvel

© 2017 por Fraternidade Agostiniana Leiga - Núcleo Nossa Senhora das Graças - ARS