Posts Em Destaque

Projeto "Católicos voltem para casa".

18/08/2017

1/2
Please reload

 

 

Momento Oracional.

 

 

 “Para poder rezar, tenhamos fé, e se queremos

que a fé que nos faz rezar não desfaleça, rezemos.

A fé faz brotar a oração e a oração que brota habitua-se

a pedir o fortalecimento da fé” (Santo Agostinho).

 

A chave da conversão está na oração e a garantia  da oração cristã está na interioridade. O sentido permanente e inacabado da conversão, está unido à oração agostiniana de um modo muito particular, posto que, este,  supõe olhar a Deus e olhar-se a si próprio. O convite à conversão é o fruto desse diálogo, portanto, a oração incessante é garantia de conversão incessante. Conversão ininterrupta, pois a cada dia se deve repetir este mesmo trabalho, a cada dia se deve renovar o amor e a cada dia se deve restaurar o próprio projeto de vida. Santo agostinho compara a alma Humana como um barco já velho pelos anos e açoitado pelas ondas. A água entra continuamente nele e o rebaixa sem descanso (Sermão 56,11). ¹

 

“Uma coisa é levantar-se logo e outra não cair (...). Minha única esperança é sua extraordinária misericórdia” (Confissões 10, 35, 57).

 

Para encontrar a verdade, Agostinho realizou o caminho da interiorização. Notou que os objetos sensíveis e que os estados de seu corpo não podiam lhe informar nada sobre o conhecimento verdadeiro. Por isso, caminhou mais decididamente e, nessa jornada, atingiu o limite extremo da intimidade de seu interior. Ao alcançar esse limite, não conheceu apenas a verdade e sim o próprio Deus.

 

Reservamos este encontro para orar em Santo Agostinho.

 

Material do encontro (clique para download)

 

 

 

 

Fontes:

1 - Orar com o coração Santiago M. Insunza, OSA. – Caderno de Espiritualidade Agostiniana.

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags