Posts Em Destaque

Projeto "Católicos voltem para casa".

18/08/2017

1/2
Please reload

Compreendendo um pouco mais os Salmos.

 

 

             Os salmos constituem belíssimos exemplos de adoração, demonstrando a importância  de Deus na dinâmica da vida do ser humano. Por detrás das palavras, existe uma experiência profunda e, para além da experiência, encontra-se uma manifestação de Deus. Sua diversidade de conteúdo, nos permite utilizá-los para rogar ao Pai em  diversas circunstâncias.

 

             Os Salmos  do grego ou Tehilim do hebraico é um livro do Tanakh  e da Bíblia Cristã.  É o primeiro livro a falar claramente de Cristo, de seu reinado e  do Juízo Final. É  o maior livro de toda Bíblia  e constitui-se de 150 cânticos e poemas proféticos, que são o coração do Antigo Testamento. O livro de Salmos, sintetiza  todos os temas e estilos que eram utilizados como hinário no Templo de Jerusalém. Hoje,  são utilizados como orações ou louvores, no Judaísmo, no Cristianismo e  no Islamismo .

             A autoria da maioria dos salmos é atribuída ao rei Davi, o qual teria escrito pelo menos 73 poemas. Asafe é considerado o autor de 12 salmos. Os filhos de Corá escreveram em torno de nove salmos e o rei Salomão ao menos dois. Hemã, com os filhos de Corá, bem como Etã e Moisés, escreveram no mínimo um cada. Todavia, 51 salmos seriam tidos como de autoria anônima.

 

            O período em que os salmos foram compostos varia muito, representando um lapso temporal de aproximadamente um milênio, desde a data aproximada de 1440 a.C., quando houve o êxodo dos Israelitas do Egito, até o cativeiro babilônico, sendo que muitas vezes, esses poemas permitem traçar um paralelo com os acontecimentos históricos, principalmente com a vida de Davi, quando, por exemplo, havia fugido da perseguição promovida pelo rei Saul (Salmos 18, 52, 54) e de seu próprio filho Absalão (Salmo 3) ou quanto ao arrependimento pelo seu pecado com Bate-Seba (Salmo 51).

 

           Poemas de louvor, os salmos foram inicialmente transmitidos através da tradição oral e a fixação por escrito, teve lugar sobretudo, através do movimento de recolha das tradições israelitas, iniciado no exílio babilônico pelo profeta Ezequiel (séculos VII-VI a.C.). Desta forma, muitos destes textos são  anteriores ao século sete antes a.C , sendo bastante difícil a sua crítica do ponto de vista puramente literário. Ainda assim, levando-se em conta a comparação com a literatura poética de mesma época  do Egito, da Assíria e da Babilônia, pode-se afirmar que estes poemas de Israel são um dos expoentes da poesia universal.

Na Igreja Católica          

           Na Igreja Católica, os 150 salmos formam o núcleo da oração cotidiana: a chamada Liturgia       das   Horas,      também conhecida por Ofício Divino e cuja organização remonta a São Bento de Núrsia. A oração conhecida por rosário, com as suas 150 Ave Marias, formou-se por analogia com os 150 salmos do Ofício. Outra   forma muito popular de utilizá-los na louvação, é organizando listas de Salmos por finalidade, isto é, salmos para serem rezados em determinadas ocasiões como festas, doenças, colheitas ou funerais. Historicamente, a primeira destas listas foi organizada a partir da prática de Santo Arsênio da Capadócia, que rezava um salmo como uma oração para fins específicos. 

          

               O Catecismo da Igreja Católica ensina: 

 

             "Os Salmos  constituem a obra-prima da oração no Antigo Testamento. Apresentam dois componentes inseparáveis : o pessoal e o comunitário. Estendem-se a todas as dimensões da história, comemorando as promessas já realizadas e esperando a vinda do Messias. Rezados e realizados em Cristo, os Salmos são um elemento essencial  e permanente da oração de sua Igreja e são  adequados aos homens de qualquer condição ou tempo." (Catecismo da Igreja Católica, 2596-2597)

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique aqui para ler a versão completa.

 

Clique aqui para ler , orar ou estudar os Salmos.

 

 

 

Tags:

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags