Vou narrar as maravilhas do Senhor

71


(70)


1 Em ti me refugio, Senhor, que eu não seja confundido para sempre.


2 Liberta-me, defende-me pela tua justiça, atende-me e salva-me.


3 Sê para mim uma rocha de defesa, uma fortaleza para a minha salvação, porque és meu
rochedo e meu refúgio.


4 Meu Deus, salva-me da mão do ímpio, do poder do malvado e do opressor.


5 És tu, Senhor, a minha esperança, és minha confiança, Senhor, desde a minha juventude.


6 Sobre ti me apoiei desde o seio materno, desde o colo de minha mãe és minha proteção; em
ti está sempre o meu louvor.


7 Muitos se espantavam ao ver-me: mas tu és o meu abrigo seguro.


8 De teu louvor está cheia a minha boca, de tua glória, o dia todo.


9 Não me rejeites no tempo da velhice, não me abandones quando diminuem minhas forças.


10 Pois contra mim falam meus inimigos, os que me espreitam tramam juntos:


11 “Deus o abandonou, persegui-o, agarrai-o, porque não há quem o liberte”.


12 Ó Deus, não fiques longe de mim, meu Deus, vem logo ajudar-me.


13 Sejam confundidos e aniquilados os que me acusam, sejam cobertos de infâmia e de
vergonha os que querem me arruinar.


14 Eu, porém, não perco a esperança, multiplicarei teu louvor.


15 Minha boca anunciará a tua justiça, sempre proclamará a tua salvação, que não sei avaliar.


16 Virei com o poder do Senhor, recordarei que só tu és justo.


17 Tu me instruíste, ó Deus, desde a minha juventude e ainda hoje proclamo os teus
prodígios.


18 E agora, na velhice, de cabelos brancos, Deus, não me abandones, até que eu anuncie teu
poder, as tuas maravilhas a todas as gerações que virão.


19 A tua justiça, ó Deus, é alta como o céu, fizeste coisas grandes: quem é como tu, ó Deus?


20 Fizeste-me provar muitas angústias e desventuras; tornarás a dar-me vida, me farás subir
de novo dos abismos da terra.


21 Aumentarás minha grandeza e outra vez me consolarás.


22 Então te darei graças com a harpa, pela tua fidelidade, meu Deus; vou te cantar com a
cítara, ó santo de Israel.


23 Cantando os teus louvores, exultarão meus lábios e a minha vida, que resgataste.


24 Também minha língua o dia todo proclamará tua justiça, quando serão confundidos e
humilhados os que procuram arruinar-me.

S A L M O S

SOBRE NÓS

Somos Católicos Agostinianos Leigos, integrantes do  Núcleo Nossa Senhora das Graças - Rio de Janeiro - RJ -  Paróquia Nossa Senhora das Graças - Vicariato Nossa Senhora  da Consolação do Brasil

LOCALIZAÇÃO

Rua Capitão Rubens, 55 - Marechal Hermes  - Rio de Janeiro - RJ – Brasil

CONECTE-SE
  • Grey Instagram Icon

Instagram

Acesse também pelo

seu dispositivo móvel

© 2017 por Fraternidade Agostiniana Leiga - Núcleo Nossa Senhora das Graças - ARS