Senhor, vem depressa em meu auxílio!


70


(69)


1 [Ao maestro do coro. De Davi. Para comemorar.]


2 Senhor, livra-me; vem depressa, Senhor, em meu auxílio.


3 Fiquem confusos e envergonhados os que buscam tirar-me a vida; caiam para trás e fiquem
cobertos de ignomínia os que se alegram com minha ruína.


4 Recuem, cobertos de vergonha, os que zombam de mim.


5 Exultem e se alegrem em ti todos os que te buscam; digam sempre: “O Senhor é grande” os
que desejam a tua salvação.


6 Eu porém sou pobre e infeliz; Deus socorre-me! Tu és meu auxílio e meu libertador,
Senhor, não demores.

S A L M O S