De Deus vem minha esperança


62


(61)


1 [Ao maestro do coro. Sobre Iditun. Salmo de Davi.]


2 Só em Deus repousa a minha alma; dele vem minha salvação.


3 Só ele é meu rochedo e minha salvação, minha rocha de defesa: jamais vou vacilar.


4 Até quando vos lançareis contra um homem, para abatê-lo todos juntos, como uma parede
que está caindo, como um muro que desmorona?


5 Tramam só de precipitá-lo do alto, acham gosto na mentira. Com a boca bendizem, mas no
coração maldizem.


6 Só em Deus repousa, ó minh’alma, pois dele vem minha esperança.


7 Só ele é meu rochedo e minha salvação, minha rocha de defesa: jamais vou vacilar.


8 Em Deus está minha salvação e minha glória; meu refúgio seguro, minha defesa está em
Deus.


9 Confia sempre nele, ó povo, diante dele derrama teu coração, nosso refúgio é Deus.


10 Sim, são um sopro os filhos de Adão, uma mentira todos os homens, juntos, na balança,
são menos que um sopro.


11 Não confieis na violência, não vos iludais com a rapina; às riquezas, mesmo se abundantes,
não apegueis o coração.


12 Uma palavra Deus disse, duas eu ouvi: o poder pertence a Deus.


13 Tua, Senhor, é a graça; pois segundo as suas obras retribuis a cada um.

S A L M O S

SOBRE NÓS

Somos Católicos Agostinianos Leigos, integrantes do  Núcleo Nossa Senhora das Graças - Rio de Janeiro - RJ -  Paróquia Nossa Senhora das Graças - Vicariato Nossa Senhora  da Consolação do Brasil

LOCALIZAÇÃO

Rua Capitão Rubens, 55 - Marechal Hermes  - Rio de Janeiro - RJ – Brasil

CONECTE-SE
  • Grey Instagram Icon

Instagram

Acesse também pelo

seu dispositivo móvel

© 2017 por Fraternidade Agostiniana Leiga - Núcleo Nossa Senhora das Graças - ARS