28


(27)


1 [De Davi.] Senhor, a ti elevo a minha voz: não fiques em silêncio, meu Deus, pois se não
me falas, sou como quem desceu à sepultura.


2 Escuta a voz de minha súplica quando te peço ajuda, quando elevo as mãos para teu santo
templo.


3 Não me arrastes com os ímpios e com os que fazem o mal. Falam de paz com seu próximo,
mas têm o coração cheio de maldade.


4 Trata-os conforme suas obras e conforme a malícia de seus crimes. Dá-lhes a paga de suas
ações, retribui-lhes o salário devido.


5 Pois não atendem às obras do Senhor, nem a seus gestos. Destrói-os, não os edifiques!


6 Bendito seja o Senhor, que deu ouvido à voz de minha súplica.


7 O Senhor é minha força e meu escudo; pus nele a minha confiança; socorreu-me, por isso
exulta meu coração, com meu canto lhe dou graças.


8 O Senhor é a força do seu povo, refúgio de salvação para seu consagrado.


9 Salva teu povo e bendize tua herança, guia-os e sustenta-os para sempre.

S A L M O S

SOBRE NÓS

Somos Católicos Agostinianos Leigos, integrantes do  Núcleo Nossa Senhora das Graças - Rio de Janeiro - RJ -  Paróquia Nossa Senhora das Graças - Vicariato Nossa Senhora  da Consolação do Brasil

LOCALIZAÇÃO

Rua Capitão Rubens, 55 - Marechal Hermes  - Rio de Janeiro - RJ – Brasil

CONECTE-SE
  • Grey Instagram Icon

Instagram

Acesse também pelo

seu dispositivo móvel

© 2017 por Fraternidade Agostiniana Leiga - Núcleo Nossa Senhora das Graças - ARS